domingo, 30 de setembro de 2012

"Como se fosse pela à última vez"

                                De mancinho você chegou...Abraçou-me...
                        como se fosse pela à última vez,apertou-me em seus braços.
                                Com sua boca grande me beijou...
                        Mas parecia que estavámos flutuando,por entre as estrelas,
                           O vento brusco que nós leva a barreira do impossível
                              e nós fez rompê-la tornando possível.
                                    E juntos vivemos uma linda...
                                           História de amor.
                                        
                        
                      
            
                                 
                                                         Maria Machado