domingo, 20 de outubro de 2013

" Um Segundo Pra te Amar"















Terei que voar bem alto, te resgatar na brisa dos ventos!
Vou acolher-te em minhas asas, te resguardar com fervor
Tu"alma virá ao meu encontro, com árduo encantamento
Descerá para mim, aos sete ventos, se juntará ao meu amor.

Sem defesa, meu coração oprimido sem ti não se acostuma!
Sinto saudades de teus braços que me serviam de abrigo,
Na solitude de minh'alma em busca de ti voejo sobre brumas
Onde ergui um castelo, nossa fortaleza, onde fui feliz contigo.

N'um espaço de tempo, onde só o tempo determinava!
Veio brusco envolto teu destino, fez recôndita tua alma
Construiu uma redoma de teias com fios que sua mão fiava
Com sutileza que emanava seu coração com toda calma.

Senti na minha boca da tua boca o gosto da saudades!
Em seguida n'um abraço sinto meu corpo febril delirá!
Meus tecidos carnais se recompondo, se renovando,
Meu tempo envolto ao teu tempo...Um segundo pra ti amar.



(Obs)Imagem Google           Maria Machado