segunda-feira, 5 de março de 2012

"POLITICAGEM"

Meu amigo,mais uma vez.
Leia e preste a atenção,
Vou dizer que estou sentindo,
Do fundo do meu coração,
Já estou bastante cansada,
De ouvir promessas de ladrão.

Mais não tem jeito,que dê jeito,
Há populaçaõ tem crescido,
A politicagem tem aumentado,
Está cheio de políticos "BANDIDO"
8% da elite dos colarinhos brancos,
Estão se tornando corrumpido.

Mais vou falar de dois assuntos,
Político desonesto,e minha cidade,
Já moro aqui há alguns anos,
Já ouvir milhões de barbaridade!
Esperando por essa tais promessas,
Que não vem,que me deixa na saudade.


Isso me leva a criticar as pessoas,
A falar mal da vida alheia
Mais eu falo de político corrupítos!
Porquer a coisa tá muito feia,
Eles só se comportam sem escrúpulo!
Porquer pra eles, não tem cadeia.

Quando é tempo de política
É sorriso, aquele blá-blá-blá,
Passados na casca do alho,
Só promessas para nos enganar,
Eles estando se dando bem.
Quem quiser vá se danar.

Agente no cruel abandono,
Eles felizes,fazendo a festa,
Tentamos sim,escolher os ,melhores
Não sabemos quem é bom,quem presta,
Todos na tagarelagem,são iguais,
Não tem letreiro na testa.

Vejam tem ruas que é só matos,
Quase todas esburacadas,
Sem condições para o tráfego,
Periferia totalmente abandonada,
Pessoas dividem quintal com ratos!
A população além de pobre, humilada.

Isso é uma grande falta de respeito,
Com essa nossa população,
Que acredita em melhoria,
Em promessas de ladrão,
Para mim,e esse o nome é perfeito,
Cai bem, em político em  enrolão.

Já estou ficando velha e aborrecida,
Minha paciência  já se esgotou,
Esperando por uma melhora,
Que até hoje não chegou,
Cada dia fica mais,e mais pior,
Santarém pouco,em nada mudou.

Nos quatro canto da nossa cidade,
Só se ver pessoas deficiente mentais,
Sem família, sem um lar,sem um abrigo,
Dormem por terra,encima de jornais,
Não construíram abrigo para eles!
Mais construíram sim,para animais.

É muito triste ver os doentes mentais,
Iguinorados,no mais cruel  dos abandono,
Sem  proteção, sem lugar para dormir,
Sem esperança,onde deita,cai no sono,
Perdido sem destino, esquecido,
Ao léu,desolado,sem abrigo,sem dono.

Será que a bancada política,
Veriadores, com  outas autoridades,
Será que eles não sabem,
Que é deles a responsabilidade!
De contruir um hospital,ou um abrigo,
Para os deficientes de nossa cidade?

Falta de humanidade,com o doente mental,
Acho uma safadesa, tremenda,sacanagem,
Porque,que os deficientes são abandonados?
Se são seres humanos...eles não são miragem?
Que políticos ladrão, crie vergonha na cara,
Vão trabalhar cretinos! Acabem com a políticagem!!!




                                                 Maria Machado: