terça-feira, 28 de maio de 2013

" Vaga-lumes"



















   Acordei-me suspirosa de um lindo... Sonho azul!
  Voejei de volta ao passado estive no mesmo vilarejo,
   Onde conheci o amor mais ardente,e mais amado,
Mais amante, mais meu... Grande amor do meu desejo.

 Como um vaga-lume, com luzes radiantes nos olhos,
 Sua alma veio até a mim me leva além da imaginação!
 Nossos corações batiam juntos apressados como mágica!
Ressuscitar-te no abraço dos meus braços de amor e paixão.

Ao meio a exuberantes luzes dos olhos dos vaga-lumes!
Pergunto ao meu amor onde estás? Por quer a demora?
Ouço sua voz que me diz, não sei se é Céu, ou inferno!
Só sei que volto para ti, todas as vezes que você chora.

Nesse instante mais uma vez, ele me abraça e me beija,
Não penso mais em nada, sacio meu desejo adormecido
 Sinto um amor arrebatador, que não tenho explicação!
 Por que ele jaz em mim... Não poderá ser esquecido.






Obs: Imagem do Google: 

                                                             Maria Machado