segunda-feira, 13 de agosto de 2012

"Desgraçadamente Perdida"

Nunca pensei que uma vida pudesse,
Ser derrotada,pela a falta de um amor,
Sufocada pela a falta de um só toque,
A cada momento se depara com a dor.

Um dia eu conheci o amor verdadeiro,
Chegou de uma rapidez,elouquecente,
Da mesma forma que ele veio,se foi!
Pouco durou,se foi rapidamente.

Estive feliz,imagine o quanto eu fui!
Era um conto de fadas,o que coisa gostosa,
Aquele ser me deslumbrava me atingia,
Era tanto amor,uma paixão,deliciosa.

A entrega total,absolutamente anormal,
Éramos um do outro,de morte e vida,
Infelismente ele se apressou e partiu!
Deixando-me,desgraçadamente perdida.



                              Maria Machado;